Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo

municipio

PAUS

Cultura
Paus banner 1 1200 800
16 Fev
Adicionar a calendário 2019-02-16 14:07:00 2019-02-16 14:07:00 Europe/Lisbon PAUS + Música Teatro Diogo Bernardes

+ Música

A 16 de fevereiro, às 21h30, no Teatro Diogo Bernardes, em Ponte de Lima, PAUS.

Em 2019 os PAUS celebram 10 anos de banda.
10 anos em que se propuseram a coisas tão disparatadas que a ideia de falhar não pudesse, sequer, soar a fracasso. Mas a verdade é que muitas dessas ideias, à partida, disparatadas, acabaram por se concretizar.
E é isso mesmo que se pretende celebrar em 2019. Não uma idade, não um estatuto, mas sim a ideia de que sonhar é bom e, às vezes, até se pode tornar realidade.
Em 2019 haverá muita coisa nova a acontecer na vida dos PAUS. A primeira é o concerto do Musicbox, em Lisboa, no dia 4 de Janeiro, seguindo-se as seguintes datas:

18 Jan Fundão, Sons à Sexta
19 Jan Coimbra, Salão Brazil
25 Jan Loulé, Bafo de Baco
26 Jan Portimão, Marginália
31 Jan Porto, Maus Hábitos
01 Fev Viseu, Carmo 81
02 Fev Leiria, Stereogun
15 Fev Chaves, Teatro Municipal
16 Fev Ponte de Lima, Teatro Diogo Bernardes
05 Abr Por Anunciar
06 Abr Lourinhã, Sons na Vila

Venham celebrar juntos, que é assim que esta viagem tem sido feita.
Muito amor!

PAUS
Madeira
2018

Demasiado brancos para sermos do Sul.
Demasiado pretos para sermos do Norte.
Demasiado velhos para sermos do outro lado.
Demasiado curiosos para deixar as colunas de pé.
Rodeados por margens e não querem que desenhemos novos mapas?
Rodeados por margens e não querem que flutuemos como ilhas?
Rodeados por margens e não querem que sejamos marginais?
Rodeados por margens então, bebemos e desaguamos em todas.

PAUS continuam a ser Hélio Morais, Makoto Yagyu, Fábio Jevelim e Quim Albergaria.
Um baixo, teclados e uma bateria siamesa ainda são as ferramentas do seu ofício.
Um ofício que foi mudando desde que pela primeira vez nos deram a beber da sua música no ep de 2010 “é uma água”. As canções destes quatro nunca foram bem canções. Sempre foram vontades de estar em sítios estranhos, desafiantes, com cor e horizontes largos.

8 anos, 3 LP’s, 2, ep’s, várias tours internacionais, do País de Gales ao Texas, da Sardenha ao México, a sua viagem levou-os à Madeira. A convite de Pedro Azevedo e da família ALESTE, os PAUS foram em Setembro de 2017 filmar e fotografar todo o aspecto visual de um disco que que tinham começado a preparar em Julho desse ano. A perspectiva de aterrar no mais longínquo e maravilhoso subúrbio de Lisboa impregnou, ainda antes de chegarem ao Funchal, a música que então estavam a terminar.

A ideia de uma ilha que flutua e não tem sítio certo na geografia, uma ilha esquecida por um continente e de tão feliz por estar esquecida que se encontra na intercepção das Américas, África e Europa, pareceu-lhes naturalmente um retrato preciso do som que estavam a ouvir. Um mapa com fronteiras apagadas, uma ilha que se deixa levar e gosta de quem quer e está sempre à espera do barco é a forma como os PAUS olham para a Madeira e para si próprios, enquanto plataforma criativa. Se soa bem, sabe melhor, então é casa.

“Madeira” é o som dos PAUS a apaixonarem-se pelas cores e pelas pessoas que fazem a ilha, gente rodeada a mar, sem condição. “Madeira” são 9 canções e vídeos onde vemos e ouvimos os PAUS sempre em viagem e sempre em casa. Não é só um Disco, é um Video-Disco e um Vinil.

PAUS são hoje o que sempre foram, uma banda à procura e “Madeira” é um postal da felicidade que a banda sente na incerteza.

Horário:

21h30

Local:
Teatro Diogo Bernardes
Preço:
6,00 €
Informação adicional:

Os bilhetes (6,00€) serão disponibilizados a partir das 9h00 do próximo dia 21 de janeiro (segunda-feira).

O número máximo de entradas a adquirir será de 4 bilhetes por pessoa, apenas no caso de existirem filas para a procura dos mesmos, podendo ir até ao máximo de 6 bilhetes por pessoa no caso de espectadores que pretendam adquirir a totalidade de lugares de uma frisa ou camarote de 1.ª classe ou camarote de 2.ª classe, com esse número de lugares (6 lugares), conforme constar na planta de lugares publicitada na Bilheteira do Teatro Diogo Bernardes e no website municipal, também apenas no caso de existirem filas para a procura dos mesmos (http://www.cm-pontedelima.pt/thumbs/uploads/writer_file/image/2230/MapaTDB_Final_1_1024_2500.jpg).

Relativamente aos pedidos realizados por correio electrónico, apenas serão atendidos os recebidos a partir da hora e data de disponibilização na bilheteira física, divulgada no mural oficial do facebook, nas mesmas condições acima indicadas e após serem satisfeitas as aquisições presenciais.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 258 900 414 ou pelo email teatrodb@cm-pontedelima.pt.

Maiores de 6 anos.