Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo

municipio

Município de Ponte de Lima vê aprovada candidatura de 450.000,00 € do fundo de coesão para a prevenção, controlo e erradicação de espécies exóticas invasoras

Autarquia
Panoramica rio lima fotografia rui lima 1 1024 800
15 Outubro 2019

Considerando as fortes pressões que, crescentemente, são exercidas pelas espécies exóticas invasoras no estado de conservação das espécies autóctones, habitats e na biodiversidade em geral, o Município de Ponte de Lima, tendo como objetivo geral a proteção da biodiversidade e dos ecossistemas, apresentou em agosto passado a candidatura "Prevenção, Controlo e Erradicação de Espécies Exóticas Invasoras: Ponte de Lima", ao POSEUR (PROGRAMA OPERACIONAL SUSTENTABILIDADE E EFICIÊNCIA NO USO DE RECURSOS) com o objetivo geral da restauração ecológica dos espaços alvo da intervenção proposta e da criação de condições para a instalação/recuperação das comunidades autóctones.

A candidatura foi aprovada com um financiamento de 450.000,00 € (Fundo de Coesão), viabilizando desta forma a implementação de um conjunto de importantes ações que conferem, por um lado, continuidade, consolidando os trabalhos desenvolvidos no Sitio de Importância Comunitária - SIC Rio Lima, às ações de controlo e de erradicação de espécies exóticas invasoras terrestres (Acacia spp.), projetos VERBA (NORTE 2020) e BIOLANDSCAPE (NORTE), bem como das ações em curso no âmbito do projeto “POSEUR - minimização dos efeitos das cheias na Região Norte: Ponte de Lima (POSEUR-02-1810-FC-000388), em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente, e por outro lado ampliar a área de atuação dos trabalhos anteriormente referidos à totalidade da extensão do SIC Rio Lima, inserida nos limites administrativos do concelho de Ponte de Lima.

Destaca-se, no contexto desta nova candidatura, a possibilidade de realizar importantes ações de controlo e erradicação de espécies exóticas invasoras aquáticas, nomeadamente Myriophyllum aquaticum e Egeria densa, no rio Lima.

As ações irão ainda permitir avaliar a eficácia dos métodos aplicados e do impacte real ou potencial sobre espécies e habitats, bem como definir as condições para a realização de ações de controlo de continuidade e criar/adotar soluções inovadoras de monitorização de espécies exóticas invasoras com vista à prevenção e deteção precoce de focos de dispersão destas espécies no SIC Rio Lima.

De uma forma transversal e preventiva a candidatura integra, também, a realização de atividades sensibilização dos diversos públicos-alvo e divulgação da problemática das espécies exóticas invasoras.