Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo

municipio

O Monstro está em cena – Companhia de Dança Contemporânea de Angola | 25 de Outubro – 22h00 – Teatro Diogo Bernardes – Ponte de Lima

Cultura
Ponte de lima 1 1024 800
25 Outubro 2019

Na noite desta sexta-feira, 25 de Outubro, às 22h00, no Teatro Diogo Bernardes, em Ponte de Lima, a Companhia de Dança Contemporânea de Angola apresenta O Monstro está em cena, num espectáculo que se alia ao conjunto de projectos internacionais que sobem à cena neste início da temporada de 2019-2020, permitindo aos distintos públicos apreciar um pouco daquilo que se faz em Portugal e no estrangeiro, em termos das várias performances artísticas.

"O Monstro Está em Cena" é uma peça que convida à reflexão sobre o ser humano enquanto protagonista de um mundo onde cresce a violência, o individualismo e a intolerância. Os novos modelos capitalistas baseados no consumismo e nos conflitos entre os diferentes grupos étnicos, religiosos ou políticos, promovem o surgimento de novos “muros” e a resignação perante as assimetrias entre fausto e miséria. As questões de género e a condição de inferioridade imposta à mulher são, igualmente, alvo desta desconfortante introspecção sobre a condição humana.

Fundada em 1991, a CDC é dirigida por Ana Clara Guerra Marques, coreógrafa e investigadora. Membro do Conselho Internacional da Dança da UNESCO, com mais de 27 anos de vida, a CDC possui um historial de centenas de espectáculos apresentados em Angola e no exterior, entre eles: Mea culpa (1992), Imagem & movimento (1993), Palmas, por favor! (1994), Neste país… (1995), Agora não dá! ‘Tou a bumbar (1998), Os quadros do verso vetusto (1999), O Homem que chorava sumo de tomates (2011), Ceci n’est pas une porte (2016), O monstro está em cena (2018). É membro do Centro em Rede de Investigação em Antropologia (CRIA).

Ficha Artística e Técnica

Coreografia: Ana Clara Guerra Marques e Nuno Guimarães

Música Original: Inês Vieira (Violino e voz)

Figurinos: Nuno Guimarães

Desenho de Luz: Ana Clara Guerra Marques, Nuno Guimarães

Bailarinos: António Sande, Armando Mavo, Benjamim Curti, Daniel Curti e Samuel Curti

Participação Especial: Catarino Rodrigues

Vídeo: Orion e Pedro Louro

Direcção Técnica: Gaspar Nvula

Edição de Som: José de Castro

Guarda-roupa: Benvinda Kwambana Cecília

Produtor Executivo: Jorge António

Duração: 60’

Maiores de 12 anos

Bilhetes à venda (5,00€) e mais informações no Teatro Diogo Bernardes, pelo telefone 258 900 414 ou pelo email teatrodb@cm-pontedelima.pt.